Your browser doesn't support javascript.

SciELO Livros

SciELO Livros

Home > Pesquisa > (1.265)
Imprimir Exportar

Formato de exportação:



Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Esta página Sua seleção Todas as referências (max. 300)
|
Resultados 1 - 20 de 1.265
1.

Segurança do paciente: criando organizações de saúde seguras

(eISBN:9788575416426)
Organizador(es): Sousa, Paulo; Mendes, Walter
Editora: Editora FIOCRUZ
Idioma(s): Português
Ano: 2019
Sinopse: Promover, proteger e recuperar a saúde é o que se espera dos serviços de saúde. Por isso, provoca espanto quando se fala que o processo de cuidado em saúde pode causar incidentes com danos. Alguns perigos são inerentes a esse processo – por exemplo, os efeitos colaterais conhecidos de determinados medicamentos. Outros podem ser consequências de erros, que acontecem em qualquer ramo de atividade, inclusive na saúde. Para fazer frente à frequência e à magnitude desses problemas, deve-se disseminar a cultura da segurança nos serviços de saúde, com o objetivo de melhorar a qualidade e os resultados desses serviços. Importantes contribuições nesse sentido podem ser encontradas nestes dois volumes. Os livros são desdobramento de um curso internacional de especialização em qualidade em saúde e segurança do paciente, oferecido na modalidade a distância (EAD) no âmbito de uma parceria entre a Escola Nacional de Saúde Pública da Fundação Oswaldo Cruz e a Escola Nacional de Saúde Pública da Universidade Nova de Lisboa. Especialistas brasileiros e portugueses produziram materiais didáticos para o curso, pois se verificou uma escassez de publicações sobre essas temáticas, sobretudo em língua portuguesa. Contudo, os materiais ganharam vida própria, independente do curso. Estruturadas de modo a suprir as reais necessidades de formação de médicos, enfermeiros, farmacêuticos, profissionais das tecnologias da saúde e gestores, as coletâneas têm por base conhecimentos e evidências que refletem o atual estado da arte em segurança do paciente. Os leitores – não só do Brasil e de Portugal, mas de toda a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) – encontrarão subsídios para que, no dia a dia, mudanças na prática dos cuidados resultem em serviços mais seguros em todos os pontos da atenção à saúde.
2.

Produção social das políticas de saúde bucal no Brasil

(eISBN:9788523220228)
Autor(es): Rossi, Thais Regis Aranha
Editora: EDUFBA
Idioma(s): Português
Ano: 2018
Sinopse: Esta obra tem como objetivo averiguar como questões de saúde bucal se tornaram problemas sociais no Brasil, de1989 a 2004. Além disso, o livro reflete sobre a emergência das soluções aos problemas bucais da população e analisa os processos relacionados com continuidades e/ou rupturas na história das políticas brasileiras de saúde bucal. O presente estudo busca contribuir para a compreensão do complexo processo de formulação dessas políticas no país, com vistas a interpretar melhor cenários futuros.
3.

Dissidências sexuais e de gênero

(eISBN:9788523220037)
Organizador(es): Colling, Leandro
Editora: EDUFBA
Idioma(s): Português
Ano: 2016
Sinopse: "As temáticas discutidas por toda a obra permeiam os estudos sobre as normatizações, as normalizações, as naturalizações, binarismos, sexualidades e os gêneros, para um eixo além da produção científica. Os artigos que compõem o livro problematizam e tencionam a forma permanente em que a produção científica na área é realizada e busca levar a compreensão de que produzir saber científico é um ato político, que o ativismo social também produz conhecimentos e toda essa produção precisa estar à serviço de políticas públicas para que as pessoas respeitem, reconheçam e aprendam com as múltiplas sexualidades e gêneros existentes na sociedade."
4.

O teatro que corre nas vias

(eISBN:9788523220013)
Autor(es): Brito, Marcelo Sousa
Editora: EDUFBA
Idioma(s): Português
Ano: 2017
Sinopse: A partir de uma metodologia experimental, construída junto ao grupo Espaço Livre de Pesquisa-Ação do Programa de Pós-Graduação em Geografia da Universidade Federal da Bahia (POSGEO/UFBA), e suas experiências como ator e diretor de teatro, o autor faz misturar temáticas ligadas à geografia humana e cultural, à arquitetura e ao urbanismo e à fenomenologia. Seu foco é pensar como o teatro poderia fazer os artistas se relacionarem com o lugar, sendo este um espaço de negociação, de pertencimento, de troca, de afeição e mediação, sobretudo com quem vive o lugar. A intervenção viária como essência do corpo-lugar e do lugar-cênico traz aos estudiosos da arte urbana uma alternativa à categoria “teatralidade”, pois a noção de que o artista, ao deslocar seu corpo-lugar, apropriando-se do espaço urbano através de intervenções viárias, pode produzir lugares-cênicos na cidade.
5.

Teoria ator-rede e estudos de comunicação

(eISBN:9788523220068)
Organizador(es): Lemos, André
Editora: EDUFBA
Idioma(s): Português
Ano: 2016
Sinopse: O livro busca, principalmente, apresentar a Teoria Ator-Rede (TAR): uma corrente teórica ainda pouco explorada e conhecida na área de comunicação no Brasil, que leva em consideração processos de associação em rede através de mediações entre atores humanos e não humanos. Além disso, a obra é resultado de um experimento acadêmico envolvendo a aplicação da TAR aos estudos de comunicação, o que gerou a produção de textos que tratam de diversos aspectos da cultura e da comunicação contemporânea, tais como a fotografia, o cinema, as séries televisivas, os jornais, os movimentos políticos e as redes sociais.
6.

Texturas do sofrimento emocional

(eISBN:9788523220082)
Autor(es): Cunha, Litza Andrade
Editora: EDUFBA
Idioma(s): Português
Ano: 2015
Sinopse: A depressão deve se tornar a doença mais popular do mundo dentro de 20 anos, já sendo chamada de epidemia silenciosa, segundo a Organização Mundial da Saúde. Esta doença é um dos assuntos relacionados ao tema deste livro, que trabalha com o estudo do “sofrimento emocional”, desviando da tendência biomedicista dos estudos médicos e culturalistas das ciências sociais. O título assume o pressuposto de que tanto a natureza quanto a cultura fornece importantes respostas para a questão do sofrimento emocional em sua abrangência.
7.

Educação superior e os desafios no novo século: contextos e diálogos Brasil-Portugal

(eISBN:9788523013417)
Organizador(es): Martins, Carlos Benedito; Vieira, Maria Manuel
Editora: Editora UnB
Idioma(s): Português
Ano: 2018
Sinopse: Apesar de terem chegado tardiamente à modernidade educativa, Brasil e Portugal têm conhecido um acelerado processo de massificação do ensino superior nas últimas três décadas. Embora com ritmos, tempos e contornos específicos, a verdade é que, desde meados dos anos 1970, quando se dá o primeiro impulso massificador em Portugal, até o começo desta década, o número de estudantes inscritos em instituições de ensino superior sextuplicou nos dois países. Não deixa de ser um paradoxo que, em pleno regime ditatorial, na década de 1960, ambos os países tenham assistido à implantação das bases de um modelo moderno de ensino superior. Inspiradas nas teses da teoria do capital humano, popularizadas à época, e nas reformas postas em marcha em vários países ocidentais, tanto a reforma brasileira da universidade de 1968 quanto a reforma portuguesa do ensino, iniciada no final de 1969 e instituída em 1973, tiveram como ambição promover a modernização tendencialmente democratizadora desse nível de ensino no interior de regimes políticos não democráticos. Hoje, os dois sistemas apresentam alguns contornos comuns e enfrentam desafios semelhantes. Por um lado, a sua estrutura expandiu-se e pulverizou-se pelo conjunto do território. Por outro lado, ambos os sistemas diversificaram-se e complexificaram-se grandemente, acrescentando novos subsistemas (centros universitários, faculdades, institutos tecnológicos federais, no caso brasileiro; institutos politécnicos, ensino superior militar e policial, no caso português) ao tradicional ensino universitário e abrindo as portas ao setor privado. Nesse sentido, pode-se sem dúvida afirmar que a paisagem educativa do ensino superior tornou-se mais opaca, uma vez que a enorme diversidade de instituições que hoje a compõem comporta ofertas muito variadas — em qualidade científica, técnica e pedagógica; e em modo de organização e funcionamento —, o que torna particularmente complexa a navegação no seu interior.
8.

Émile Benveniste: a gênese de um pensamento

(eISBN:9788523013431)
Organizador(es): Flores, Valdir do Nascimento; Galindez, Verónica; Rosário, Heloisa Monteiro
Autor(es): Fenoglio, Irène
Editora: Editora UnB
Idioma(s): Português
Ano: 2019
Sinopse: A definição comum de gênese, quando aplicada à ideia de pensamento, geralmente leva a crer que se busca explicar o desenvolvimento gradual desse pensamento. A gênese do pensamento de Benveniste que se delineia neste livro, embora não esteja em posição antagônica a essa, não poderia ser suficientemente compreendida se não se considerasse, também, que a autora do livro esforça-se para traçar a história do nascimento de uma obra, a partir de traços – manuscritos – antes desconhecidos do público. O livro reúne seis estudos de Irène Fenoglio sobre o acervo de manuscritos do linguista Émile Benveniste. Trata-se de um conjunto de trabalhos que, com base na crítica genética, busca recompor a gênese do pensamento de um dos linguistas mais importantes do século XX. O celebrado linguista recebe, assim, uma justa homenagem feita por uma especialista que não desconhece que a escrita diz muito de quem escreve, sem dúvida, mas também de quem a lê. A autora é, hoje em dia, uma das principais especialistas na obra de Benveniste. Recentemente, organizou, com Jean-Claude Coquet, a edição das últimas aulas de Benveniste no Collège de France, trabalho fruto de cuidadosa recuperação feita a partir de fontes manuscritas do linguista e de seus alunos à época. Os textos que integram esta coletânea retomam as últimas aulas de Benveniste e acrescentam informações nunca antes divulgadas em torno da obra do autor.
9.

Dicionário crítico de migrações internacionais

(eISBN:9788523013400)
Organizador(es): Cavalcanti, Leonardo; Botega, Tuíla; Tonhati, Tânia
Autor(es): Araújo, Dina
Editora: Editora UnB
Idioma(s): Português
Ano: 2017
Sinopse: As migrações internacionais vêm alcançando dimensões peculiares nos atuais tempos de globalização dos mercados e de inovações nas tecnologias da informação, comunicação e transportes. Acadêmicos da temática chegam a sugerir que vivemos na era das migrações, que seriam sintetizadas em cinco características fundamentais: globalização, aceleração, diferenciação, feminização e crescente politização das migrações. As migrações internacionais atravessam um momento de grande intensidade e sem precedentes na história recente. Isso se reflete no aumento dos migrantes e refugiados ao redor do mundo, nas dissonâncias das diferentes políticas migratórias e na intensidade dos debates teóricos e metodológicos. Cada vez mais complexas, as migrações contemporâneas são difíceis de ser contabilizadas, são resistentes a marcos teóricos únicos ou disciplinares e apresentam características multifacetadas, complexas e materializadas em diferentes escalas. Nesse contexto, o Dicionário crítico de migrações internacionais apresenta conceitos derivados dos debates teóricos sobre as migrações internacionais e também de áreas afins que são apropriados pelos estudos migratórios. Essa mescla, multidisciplinar e ampla, é a tentativa de responder ao desafio de trazer abordagens e conceitos diversos que ofereçam, em alguma medida, elementos que ajudem a compreender o fenômeno migratório na atualidade e as diferentes formas de mobilidade.
10.

Pesquisa na área biomédica: do planejamento à publicação

(eISBN:9788570785237)
Autor(es): Mineo, José Roberto; Silva, Deise Aparecida de Oliveira; Sopelete, Mônica Camargo; Leal, Geraldo Sadoyama; Vidigal, Luiz Henrique Guerreiro; Tápia, Luís Ernesto Rodriguez; Bacchin, Maria Inês
Editora: EDUFU
Idioma(s): Português
Ano: 2005
Sinopse: Este trabalho se deu após verificar-se que a falta de uma discussão de forma sistemática das etapas que compreendem o método científico representam um obstáculo para aqueles que se propõem a trabalhar com a pesquisa na área biomédica. A intenção é que os leitores deste livro possam estar em contato com as etapas necessárias para a aplicação do método científico na área biomédica, contribuindo para que estas sejam amplamente discutidas e colocadas em prática.
11.

Cultura do silêncio e democracia no Brasil: ensaios em defesa da liberdade de expressão (1980-2015)

(eISBN:9788523013394)
Autor(es): Lima, Venício A. de
Editora: Editora UnB
Idioma(s): Português
Ano: 2015
Sinopse: Esta obra traz o conceito de comunicação articulado por Paulo Freire, a sua atualidade e sua vinculação à noção republicana de liberdade. Aborda ainda o conceito seminal de cultura do silêncio desde suas raízes em Vieira até sua apropriação criativa em Freire. Em Stuart Hall, o autor foi buscar a sua contribuição para os estudos de mídia.
12.

O massacre de Manguinhos

(eISBN:9788575416402)
Autor(es): Lent, Herman
Editora: Editora FIOCRUZ
Idioma(s): Português
Ano: 2019
Sinopse: A nova edição de O Massacre de Manguinhos inaugura a Coleção Memória Viva, criada para tornar acessíveis aos leitores obras de reconhecida relevância acadêmica e institucional. A coleção é fruto do projeto “Acesso aberto e uso da literatura científica no ensino”, desenvolvido no Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde (Icict), da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), onde as políticas de acesso aberto têm sido encaradas como estratégicas para o fortalecimento da ciência e da saúde pública. O pesquisador Herman Lent narra a repressão da ditadura militar à atividade científica na Fundação Oswaldo Cruz.
13.

Autômatos geniais: a mente como sistema emergente e perspectivista

(eISBN:9788523013387)
Autor(es): Dutra, Luiz Henrique de Araújo
Editora: Editora UnB
Idioma(s): Português
Ano: 2018
Sinopse: Este livro retoma alguns dos problemas centrais da Filosofia tradicional da Mente – tal como o dualismo mente-corpo e a natureza da consciência – e procura considerá-los na perspectiva inovadora das teorias recentes sobre a cognição distribuída, a mente estendida e os sistemas complexos. Essas contribuições são associadas a uma concepção emergentista da mente humana, que procura situá-la na rede de processos naturais e sociais que constituem as condições de base para o surgimento da mente e a manutenção de suas funções, especialmente as funções intelectuais superiores, como a consciência reflexiva, a linguagem simbólica, o discernimento, a racionalidade e a consciência moral, aspectos únicos com os quais podemos caracterizar a humanidade plenamente. Além de se valer de teorias e concepções conhecidas, o livro apresenta ideias inovadoras, tal como a caracterização da mente humana como um sistema complexo de cognição e ação distribuídas, isto é, como aquilo que habilita os seres humanos a tomarem parte na riquíssima rede de relações que constitui a sociedade e a cultura em geral. Assim, este livro contribui não apenas para se refletir sobre os temas específicos da Filosofia da Mente, mas também para pensar os fundamentos das Ciências Humanas como aquelas disciplinas que se dedicam ao estudo dos produtos da ação humana em sociedade. A própria mente humana é vista como resultado de processos evolutivos, biológicos e psicológicos, em associação com processos sociais, especialmente a linguagem, cuja relação com o mentalismo humano é indiscutível, mas ainda pouco compreendida pela Filosofia e pelas Ciências.
14.

O tecido do tempo: o patrimônio cultural no Brasil e a Academia Sphan: a relação entre modernismo e barroco

(eISBN:9788523013493)
Autor(es): Veloso, Mariza
Editora: Editora UnB
Idioma(s): Português
Ano: 2018
Sinopse: Esta obra suscita imediato interesse de antropólogos e sociólogos, pois as perguntas – o que preservar e por que preservar – exigem respostas baseadas em uma ordem de valores, impondo à reflexão conceitos como tempo, memória e história, que sustentam representações e constroem a teoria e a prática em torno do patrimônio cultural. Esta é uma pesquisa pioneira, um dos primeiros pilares plantados para a criação desse campo de estudos dentro das ciências sociais. Além de estudar a gênese de uma instituição cultural, Mariza Veloso faz uma leitura original do modernismo brasileiro, de seu vanguardismo singular que valoriza o novo e não abre mão da tradição, daquilo que tem valor histórico ou estético, do que uma sociedade não pode se esquecer. Um dos achados mais importantes da autora refere-se à compreensão da instituição entendida como Academia Sphan, pois ali produziram-se estudos, pesquisas, livros e ensaios sobre o patrimônio cultural. Outro achado importante é a relação original entre modernismo e barroco, homologias inusitadas entre dois momentos paradigmáticos da modernidade. A obra é também endereçada aos que se dedicam à história das ideias e ao pensamento social no Brasil. Por acrescentar conhecimento sobre o assunto, por munir de conceitos e argumentos aqueles que se interessam pelo tema, esta é referência básica e continuará a ser lida, citada e reproduzida por estudantes, pesquisadores e técnicos envolvidos no estudo do patrimônio material e imaterial.
15.

Mal-estar e moralidade: situação humana, ética e procriação responsável

(eISBN:9788523013516)
Autor(es): Cabrera, Julio
Editora: Editora UnB
Idioma(s): Português
Ano: 2018
Sinopse: Mal-estar e Moralidade continua a linha ético-negativa de reflexão moral iniciada por Julio Cabrera no Projeto de ética negativa e continuada em Crítica de la moral afirmativa e em numerosos artigos. A ideia central da obra é que os humanos são colocados pelos seus progenitores numa situação atritada e perigosa, sempre ameaçados pela dor e pelo desânimo, situação impossível de resolver com categorias puramente morais. Esse fenômeno é chamado de “inabilitação moral”. A partir desse “mal-estar” estrutural, os humanos reagem de maneiras agressivas diante dos outros humanos, dos animais, das coisas e do meio ambiente, numa busca incessante de sobrevivência e de autovalorização. Ataca-se, assim, a tese corriqueira de uma “maldade” intrínseca dos humanos; sua infelicidade e agressividade não provêm de um “interior perverso” (como nos esquemas religiosos, nos quais um mundo bom foi estragado pelas ações dos humanos), mas dos atritos da situação estrutural em que foram colocados. Ações moralmente boas acontecem, mas nunca o são totalmente, e sempre como mérito pessoal dos agentes. Nesse sentido, os humanos não estragam o mundo, pelo contrário, tentam melhorá-lo, fracassando pelos limites da sua finitude. Tudo isso fornece as bases filosóficas para uma ética e uma bioética negativas que partem da “inviolabilidade negativa” de cada ser humano, do respeito ao outro colocado na mesma situação de mal-estar que nós, ética essa que se manifesta numa vida minimalista e disposta para a morte ética em benefício dos outros. Nesse minimalismo baseia-se uma atitude antinatalista de não procriar, pelo fato de a procriação – tanto a intencional quanto a acidental – manipular e prejudicar outros humanos colocando-os na situação estrutural de mal-estar para o nosso próprio benefício. Toda moralidade surge de uma atitude minimalista – austera, heroica e não procriativa – diante da situação estrutural. Além do problema crucial da procriação, o livro aborda também temas correlatos, como aborto, sexualidade, educação e suicídio, tal como interpretados dentro do escopo de uma (bio)ética negativa.
16.

Saúde mental e reabilitação psicossocial: avanços e desafios nos 15 anos da Lei 10.2016 (Proceedings)

(eISBN:9786581417079)
Organizador(es): Barros, Sônia; Batista, Luís Eduardo; Santos, Jussara Carvalho dos
Editora: Navegando Publicações
Idioma(s): Português
Ano: 2019
Sinopse: (Proceedings - Transcrição dos Anais). A publicação contém as conferências e palestras realizadas no “II Encontro de Saúde Mental – Reabilitação Psicossocial: avanços e desafios 15 anos após a Lei 10.216”, iniciativa que conta com a concordância por escrito de todos palestrantes envolvidos, entre eles citamos Benedetto Sarraceno, Ana Maria F. Pitta, Roberto Tykanori, Fernanda Nicácio, Paulo Amarante, Pedro Gabriel Godinho Delgado, e o inesquecível Antônio Lancetti , entre outros. A publicação contribuirá com o processo de formação dos trabalhadores da saúde, alunos de graduação e pós graduação e gestores do SUS.
17.

Memória: interfaces no campo da informação

(eISBN:9788523013479)
Organizador(es): Oliveira, Eliane Braga de; Rodrigues, Georgete Medleg
Editora: Editora UnB
Idioma(s): Português
Ano: 2017
Sinopse: Na contemporaneidade, discute-se cada vez mais o papel e o lugar da memória, considerando-se, sobretudo, o privilégio da rapidez, da eficácia e da eficiência da informação, ao mesmo tempo em que se constata a célere obsolescência dos meios tecnológicos para a sua disseminação. Nesse contexto, surgem também reflexões sobre o papel das instituições ou, mais popularmente, dos “lugares de memória”. Assim, arquivos, museus, centros de documentação, bibliotecas e espaços virtuais atuam na constituição, sedimentação e disseminação dessa memória. Outra vertente dessas reflexões reside na discussão sobre a possibilidade de autonomia dos indivíduos e grupos sociais organizados na construção e elaboração de suas memórias. No entanto, numa sociedade pautada pelo efêmero e pela fluidez – a modernidade “líquida” segundo Zygmunt Bauman –, as experiências passadas tendem a se tornar pouco relevantes, e a função social da memória parece ser útil apenas para o atendimento de necessidades imediatas. Isso pode nos levar a uma situação ambígua, na qual caberia à Ciência da Informação atender às demandas de uma sociedade que valoriza o efêmero e a velocidade, em detrimento da permanência e da construção de uma memória social. Com o objetivo de contribuir para esse debate, esta coletânea reúne textos de pesquisadores de universidades do Brasil, da Espanha e de Portugal que têm refletido sobre o tema da memória, na perspectiva da Ciência da Informação e nos diálogos com outras disciplinas.
18.

Hipnose, dores crônicas & complexidade: técnicas avançadas

(eISBN:9788523013455)
Autor(es): Neubern, Maurício S.
Editora: Editora UnB
Idioma(s): Português
Ano: 2018
Sinopse: As relações entre hipnose e dores crônicas consistem num dos eventos mais antigos da história da psicologia moderna. Contudo, até hoje pouco se explica sobre a hipnose e seus modos de ação, sem contar que, geralmente, ela se encontra longe das academias. Como algumas palavras, num contexto relacional específico, conseguem alterar significativamente dores intensas decorrentes de problemas como fibromialgia, lesões após acidentes, processos oncológicos e doenças autoimunes é uma questão que ainda se encontra longe de respostas. Ao mesmo tempo, as dores crônicas também representam desafios a profissionais e pesquisadores, pois escapam à lógica homogênea organicista para exigirem interdisciplinaridade. Desemprego, depressão, morte, violência, espiritualidade, trabalho, família, sexualidade, dinheiro, gênero e classe social são temas que surgem com frequência quando se oferecem espaços de acolhimento a pessoas acometidas por essas dores. Logo, um livro sobre técnicas de hipnose não pode se render ao instrumentalismo dominante em vários setores de nossa sociedade. Ele precisa nascer comprometido com a eficiência de seus resultados, mas também com a reflexão teórica e ética de seus fundamentos. Trata-se de fenômenos humanos que necessitam de uma visão que favoreça, ou ao menos se mantenha aberta, à articulação de suas várias dimensões. Sem essa adesão à complexidade, não se torna possível o reconhecimento do humano.
19.

Fronteiras linguísticas em contextos migratórios

(eISBN:9788523013448)
Organizador(es): Gorovitz, Sabine; Gomes, Dioney Moreira
Editora: Editora UnB
Idioma(s): Português
Ano: 2019
Sinopse: As fronteiras nunca impediram a circulação de homens e mulheres no mundo. Invasores, colonos, migrantes, refugiados, pessoas deslocadas, viajantes estão constantemente cruzando essas fronteiras em todas as direções, misturando línguas e costumes em contato com as populações locais. Os autores deste livro exploram, cada um à sua maneira, os contextos em que as relações entre línguas e fronteiras foram forjadas nos níveis político e ideológico, com forte ênfase na observação das práticas linguísticas e na análise de diálogos e interações entre falantes de diferentes idiomas. A articulação das diferentes abordagens possibilita aqui, pelo menos em parte, explicar a complexidade dos fenômenos observados. Tal qual um manifesto em favor do reconhecimento do multilinguismo, o livro homenageia as práticas bilíngues e os recursos criativos que cada falante implementa, onde ele está, de onde ele está falando, para criar um vínculo com os outros.
20.

Em Pessoa: estudos sobre a poesia e a prosa de Fernando Pessoa

(eISBN:9788523013424)
Organizador(es): Ferreira, Sandra; Bergamo, Edvaldo A.
Editora: Editora UnB
Idioma(s): Português
Ano: 2018
Sinopse: A obra Em Pessoa: estudos sobre a poesia e a prosa de Fernando Pessoa, organizada por Sandra Ferreira e Edvaldo Bergamo, apresenta um conjunto de ensaios escritos por pesquisadores dedicados aos estudos da obra pessoana e vinculados a prestigiadas instituições nacionais e internacionais: Maria Helena Nery Garcez (USP), Jerónimo Pizarro (Universidad de los Andes/Colômbia), Luiz Maffei (UFF), Onésimo Teotónio Almeida (Brown University/EUA), Jorge Fernandes da Silveira (UFRJ/CNPq), Paulo de Medeiros (University of Warwick/Reino Unido), Lilian Jacoto (USP), Augusto Rodrigues da Silva Junior (UnB), Ida Alves (UFF/CNPq), Natália Rocha Marques e Edvaldo A. Bergamo (UnB), Nicolás Barbosa López (Universidad de los Andes/Colômbia), Ana Clara Magalhães de Medeiros (UnB), Fernando de Moraes Gebra (UFFS) e Hermenegildo Bastos (UnB). Os ensaios aqui reunidos contribuem para reafirmar a dimensão universal de Fernando Pessoa (“Sê plural como o universo!”) e o incessante empenho crítico demandado por sua obra, ainda, e cada vez mais, capaz de incutir dúvidas, convidar a revisitações interpretativas, sugerir outras tantas interpretações e correlações, como é próprio de toda obra viva. Tanto é assim que uma das inumeráveis divisas para a obra de Pessoa poderia ser colhida no Livro do Desassossego: “Vivo sempre no presente”.
Resultados 1 - 20 de 1.265